/ Tecnologia

50 anos da Internet

2019 é o ano em que essa jovem senhora chamada Internet completa 50 anos.

Com seu surgimento em 1969, chamada de web 1.0, muitas pessoas começaram a compreender uma nova realidade e que havia chegado uma nova forma de ter acesso as informações, mas ainda assim tinha-se uma relação fria e muito distante, pois muitos de nós não tinham ideia de quantas possibilidades viriam.

A verdadeira revolução aconteceu com a chegada da web 2.0, em um momento onde os usuários não são mais consumidores e sim geradores de conteúdo. Os sistemas ficaram mais inteligentes, chegou a interação, os layouts limpos e os sites não mais ficam fora do ar quando precisam ser atualizados. “A web 2.0 foi revolucionária”, pois nessa fase as pessoas começaram a passar mais tempo em frente ao computador e terem mais acesso à tecnologia.

Hoje vivemos a web 3.0, a era da diferença! Temos acesso à rede por meio de computador, tablet, smartphone com conexão de objetos cotidianos como geladeiras, TVs, lâmpadas, veículos e muitas outras “coisas”. As indústrias, as empresas e as pessoas que assistiram toda essa revolução tecnológica também enxergaram a necessidade de participar dela em busca de avanço e agilidade. A tecnologia hoje faz parte da SOCIEDADE, e todos precisamos dela direta ou indiretamente, pois tornou-se parte do nosso cotidiano.

Percebemos que a tecnologia foi um grande avanço em muitas questões como, aumentar produtividade de empresas, diminuir acidentes de trânsito e de trabalho, ampliar mercado, auxiliar as atividades dos seres humanos e principalmente no avanço da medicina mudando totalmente a forma em que hoje é aplicada.

50 anos depois estamos nos relacionando com a tecnologia e lidando com a tão temida Internet das coisas de 1969 como algo real e familiar em nossas vidas, aprendendo agora a conviver com mais uma parente da tecnologia, a INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL com cada vez mais frequência e que está cada vez menos artificial e mais humana.

O que podemos esperar da internet nos próximos 50 anos?

Autor: Franciele Godoi

50 anos da Internet
Compartilhe