Follow-up: O Aliado no seu negócio

Já pensou em como a utilização de follow-up pode ajudar seu negócio? Se nunca pensou nisso, esse artigo é para você.

O que é Follow-up?

O Follow-up pode ser dito como um acompanhamento da sua conexão com o lead ou cliente, que pode ser feito tanto por e-mail, telefone, LinkedIn, ou outras redes sociais e também por outros meios de comunicação.

De forma geral, o Follow-up é uma tarefa e, uma ferramenta de muita importância dentro das empresas, e principalmente no setor de vendas. Dentro da área comercial, as tarefas de follow-up são manuseadas para fazer o acompanhamento com os clientes, dando continuidade ao relacionando profissional e comercial.

Afinal, esse é justamente o objetivo das estratégias de follow-up, acompanhar seus contatos durante toda sua jornada de compra, pois além de educar seus clientes, também é preciso ter em foco a experiência deles.

Gerenciando essa relação, as empresas estarão otimizando as qualificações e estratégias, conduzindo-o para seu funil de venda, até que eles se tornam seus clientes, ou, para os que já são clientes, consiga que ele volte a comprar.

Afinal, para que serve o follow-up?

Empresas de diversos ramos, podem obter grandes benefícios utilizando o follow-up. Já que, todas elas dependem da satisfação de seus clientes para terem crescimento.

Separamos abaixo, algumas táticas muito importantes e valiosas para as empresas que já usufruem dessa tática, ou que pensam em começar:

Coleta de Informações: com objetivo conseguir o máximo de informações possíveis. É aqui que encontramos os problemas na maioria das vezes.

Estratégia na tomada de decisões: É de extrema importância definir boas estratégias para a otimização dos processos internos.

Se importe com o cliente: Faça com que seu cliente sinta-se amado. Isso aumenta fortemente as suas chances de fidelizar seu cliente.

Transforme experiências negativas: O seu futuro cliente já pode ter vivenciado experências negativas, assim como um cliente seu esteja vivendo uma experiência negativa. Por isso, é importante transformar essa visão e resolver o problema do seu cliente ou lead.

Aumente as chances de recomendações: Trate seu cliente e lead da melhor forma possível. Esteja sempre disposto a ajudar, e seja transparente com ele. A experiência dele pode ser o melhor meio de divulgação da sua empresa.

Também, é importante ressaltar que o follow-up é bastante usado para diagnosticar problemas durante os processos. E isso pode mudar, quando diagnosticamos o local do problema.

A evolução

Antigamente nas empresas era comum os vendedores realizarem o primeiro contato, ou, bater de porta em porta para conseguir novos clientes.

Porém, com a evolução, e novas ferramentas e novas metodologias, essa tarefa é realizada pela(o) SDR (Sales Development Representative), que são os responsáveis por ficarem com toda essa parte do primeiro contato, providenciando a conexão com o lead.

Os leads são trabalhados e, é realizado constantemente o follow-up, para aumentar as chances de conversão.

Porém, algumas estatísticas anunciadas pela própria Hubspot, revelou que os vendedores nem sempre utilizam as práticas e o bom uso do follow-up:

Mais de 80% das vendas são efetivadas após 5 follow-up. São feitos em média 2 follow-up, e 44% dos profissionais desistem após a primeira tentativa de venda.

Mas afinal, quando e como eu devo realizar o follow-up?

Essa é uma questão que deixa muito vendedor com dúvida, aliás, como fazer isso de forma eficaz?

Ao iniciar o processo, se deve criar algumas estratégias para realizar o acompanhamento antes e depois do envio da proposta. Essas estratégias irão alinhar as expectativas que os leads possuem, esses processos guiarão os mesmos até o fechamento, evitando as chances de perca de venda:

Abaixo, preparamos algumas dicas que vão auxiliar você nesses processos:

CRM

Sem o auxílio de um CRM, é praticamente impossível que você administre todo o seu fluxo, e acaba não sabendo quando é a hora de abordar seu lead.

Aqui na MBM, nós utilizamos o CRM da Ploomes, uma plataforma que te permite acompanhar todas as suas ações, sendo muito intuitiva e rápida.

Abordagem inicial

Essa parte do processo, é muito importante, se você manter uma abordagem personalizada com seu cliente, pode se aproximar mais dele. É muito importante, que você estude seu cliente, e busque diversas informações onde possam dar abertura de assuntos que sejam do interesse dele, assim, as chances de fortalecer o relacionamento de vendedor e lead, são altas.

Marketing de conteúdo

O Marketing de conteúdo, pode e vai te auxiliar MUITO nas abordagens, fazendo com que elas se tornem menos entediantes e muito mais atrativa, assim, você ganha mais credibilidade.

Rapidez

É preciso ter agilidade, sempre estar atento, comprimir os prazos dentro das datas, ser ágil é uma grande vantagem!

Os cases de sucesso

Mostrar ao público que seu resultado já foi proporcionado a outros clientes, que tem sucesso, é um grande diferencial, principalmente quando o lead irá tomar a decisão.

As próximas etapas

Sempre que chegar ao final de um follow-up, é importante deixar claro, que dentro de um prazo, você irá entrar em contato e saber como está o andamento dos processos, busque fortalecer o relacionamento cada vez mais.

Quando devo encerrar os follow-up?

Essa é uma dúvida que muitos vendedores possuem, quando realmente parar com o follow-up? Se durante a conversa, o lead solicite que você finalize os contatos, ou se ele deixar claro que não tem interesse no seu produto, esse é o momento de finalizar.

Algumas pesquisas afirmam, que quando você conversa com seu lead mais de 6 vezes, as chances de ele fechar com você, é de 90%.

O fluxo de candência

No dicionário, a palavra cadência, quer dizer “encadeamento de sequência, repetições e movimentos” a partir dessa definição, podemos concluir que cadência se refere a uma ação que se inicia regularmente, correto?

Porém, 80% das vendas precisam de uma média de 5 follow-up, MAS cerca de 45% dos vendedores desistem logo após o primeiro contato. Sendo assim, fica fácil compreender a razão pela qual as vendas são dadas como continuação. Sem o uso do fluxo de cadência, as etapas do processo de venda acabam sendo comprometidas.

Depois que for feita a negociação, deve ser enviado a proposta, pois dessa forma, você irá ter seu retorno dentro de prazo de 5 dias. Caso não receba um retorno dentro desse prazo, o follow-up volta a cena:

O horário correto do follow-up

Acredite, ninguém gosta muito daquele vendedor chato, que te liga antes das 08:00 da manhã, ou após as 19:00. É importante respeitar os horários comerciais!

Um estudo recente, mostrou que contato realizados dentro do horário comercial, geram maior probabilidade de uma conexão com seu cliente.

Já, quando falamos de contato por e-mail, a regra acima é INVALIDA. Pois, pode acontecer o seguinte caso: Seu cliente teve um dia cheio e cansativo, na correria do dia-a-dia, não conseguiu parar para responder o seu e-mail. Portanto, os melhores horários para o envio de e-mails, são no início do dia, ou final da tarde.

Saiba mais sobre a MBM Solutions

A MBM foi fundada em 2001 e é uma empresa dedicada a oferecer soluções na área de sistemas para gestão empresarial.

Com sede própria com 1600m² de área construída visando o sucesso de cada cliente. Contamos com mais de 4000 usuários, e um time de profissionais altamente qualificados.

Atuamos em mais de 8 estados e em empresas com matriz em mais de 10 países.

Agende uma demonstração gratuita CLIQUE AQUI

E ganhe tempo, agilidade, facilidade e precisão nos processos da sua empresa

Autor: Talita Dovigo
Follow-up: O Aliado no seu negócio
Compartilhe