/ Tecnologia

Quer perder seus dados? Acho que não!!

Atualmente, vivemos em tempos de agilidade, facilidade e rapidez nos acessos e conexões aos aplicativos que mais utilizamos em nosso dia a dia.

Todos esses mecanismos possuem o objetivo de facilitar e aumentar a produtividade na nossa rotina, porém, até que ponto compartilharemos acessos e disponibilizaremos informações sem que sejamos ameaçados?

O objetivo desta postagem, seria alertar sobre os perigos, ameaças e possíveis vulnerabilidades que constam na web. Este tipo de informação é importante, pois atualmente, 64,7% da população brasileira possuí acesso à internet, segundo pesquisa do IBGE feita em fevereiro de 2018, portanto a ciência de todos os usuários dos riscos que estamos sujeitos é muito importante.

Dentre as diversas ameaças a segurança (principalmente, a segurança da informação) certamente a que possuí maior frequência e que mais causa impacto em grandes empresas e organizações, trata-se da cyber extorsão. Basicamente trata-se de um "sequestro de dados".

Exatamente! Assim como funciona em um sequestro de pessoas onde resgate é cobrado para que possa ter de volta a pessoa em questão, porém, ao invés de familiares ou pessoas importantes, os alvos são informações valiosas e sigilosas de um servidor ou banco de dados, por exemplo.

Essa ameaça é conhecida por "CryptoWall", que nada mais é que um programa de criptografia de ransomware (ferramenta maliciosa usado por cibercriminosos com o objetivo de extorquir dinheiro de suas vítimas, seja por meio da criptografia de dados, bloqueio de acesso ao sistema por exemplo), que foi lançado no final de abril 2014 que tem como alvo todas as versões do Windows, incluindo Windows XP, Windows Vista, Windows 7, Windows 8 e Windows 10.

Quando o ambiente de rede sofre a invasão, o cibercriminoso deixa um endereço de e-mail para contato, contendo valor de resgate, dados para transferência do valor solicitado, sendo este, normalmente em criptomoedas (bitcoins por exemplo).

Criptomoeda, é um meio de troca descentralizado que se utiliza da tecnologia de blockchain e da criptografia para assegurar a validade das transações e a criação de novas unidades da moeda, sendo este, um meio "online" e "cibernético" de pagamentos, de modo que não tenha necessidade de acesso a nenhuma agencia bancária dificultando o rastreio.

“As melhorias devem ser constantes, pois assim como a tecnologia muda todos os dias, as invasões e ameaças também mudam."

Empresas que não tem conhecimento de determinadas ameaças, tornam-se alvos fáceis na tentativa de roubo de dados. Alguns mecanismos de segurança como antivírus, firewall, permissões de usuário, diretivas de acesso, rotinas de backups e testes com frequência, engenharia social e senhas criptografadas para acesso a conexão da internet, são algumas das inúmeras opções de ferramentas de segurança, mas nem por isso são menos eficientes.

Porém, os mecanismos mais importantes de segurança, seria manter a governança e gestão de TI alinhados com o objetivo final da organização, para que todos os recursos e softwares mantenham-se atualizados.

“Com um bom gerenciamento e atualizações frequentes, conseguimos aumentar o nível de segurança e reduzir a vulnerabilidade de uma das coisas que a organização tem de mais valioso: a informação".

Saiba mais sobre a MBM Solutions

A MBM foi fundada em 2001 e é uma empresa dedicada a oferecer soluções na área de sistemas para gestão empresarial.

Contamos com profissionais completamente capacitados e experientes, e com um suporte técnico humanizado e de excelente atendimento.

Agende uma demonstração gratuita CLIQUE AQUI

O sistema ERP da MBM conta com diversos relatórios, dashboards, consultas personalizadas, e a facilidade na customização conforme a necessidade do cliente.


Autor: João Faé
Quer perder seus dados? Acho que não!!
Compartilhe